telefone(85) 4009.6300

ViraVida forma 43 jovens no Ceará em 2019

28/10/2019 - 15h10

O projeto ViraVida encerrou mais um ciclo na sexta-feira, 25/10, quando 43 jovens participantes da iniciativa em 2019 finalizaram as atividades. O diretor administrativo da FIEC, Chico Esteves, e a superintendente regional do SESI Ceará, Veridiana Soárez, participaram da formatura.

O evento, prestigiado pela família dos jovens e autoridades, foi aberto pelo diretor administrativo da FIEC, Chico Esteves. Em sua mensagem, ele aconselhou os formandos a continuarem a trajetória com sabedoria, humildade e dignidade. A superintendente do SESI Ceará, Veridiana Soárez, incentivou cada um dos jovens a seguir procurando propósito na carreira profissional, na vida e em tudo que fizerem.

Em falas emocionadas, dois participantes da turma contaram suas histórias e como suas vidas foram transformadas com o ViraVida. Por mais de seis meses, eles passaram por um trabalho de desenvolvimento pessoal e profissional, com o objetivo de resgatar sua autoestima e prepará-los para o mercado de trabalho. Entre os conteúdos abordados, os participantes tiveram aulas de português, matemática e inclusão digital. No âmbito profissional, em parceria com o SENAI Ceará, os jovens optaram pelos cursos de Instalador e Reparador de Redes de Computadores e Programador de Dispositivos Móveis (304h/a), sendo 25 jovens em cada turma.

O ViraVida é um exemplo bem-sucedido de como a educação e a qualificação profissional podem transformar a vida de adolescentes e jovens. O programa, criado em 2008 pelo Conselho Nacional do SESI, apoia meninos e meninas, com idade entre 16 e 21 anos, em situação de vulnerabilidade social. Utilizando tecnologia de intervenção social, o programa oferece aos participantes a oportunidade de adquirir conhecimentos e desenvolver suas habilidades, para alcançarem a transformação em suas vidas por meio da inserção no mercado de trabalho. O objetivo do ViraVida é garantir os direitos e elevar a autoestima desses adolescentes e jovens, criando as condições necessárias para que alcancem a autonomia e o desenvolvimento pleno de suas vidas.

Com relação à inserção no mercado de trabalho, os motivos para comemorar são muitos:

- 10 jovens inseridos no mercado de trabalho (Empresa Jaguar Tintas, Instituto Compartilhar, Detran, Padaria Nogueira, Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, Super do Povo)

-  1 jovem inserido no programada de mobilidade acadêmica internacional, que consiste na participação de alunos de graduação da Universidade em programas de intercâmbio de instituições estrangeiras parceiras da UFC.

-  Três jovens estão participando de processo seletivo na Cagece,

-  29 jovens participando de processo seletivo para jovem aprendiz do Banco do Nordeste, processo este desenvolvido através articulação realizada com o Banco do Nordeste e CIEE, no qual serão disponibilizadas 10 vagas para o ViraVida.

- Além desses processos mencionados, os 32 jovens que ainda não foram inseridos estão participando de outros processos através de articulações e encaminhamentos realizados juntamente ao Programa Primeiro Passo, CIEE, ISBET, Atos aprendiz, Pequeno Nazareno, dentre outras.

Saiba mais
O Ceará foi escolhido para receber o piloto do projeto, em 2008, e hoje é referência nacional. Os cursos realizados combinam formação profissional e educação básica, com abordagem de temas como cidadania, saúde, doenças sexualmente transmissíveis, cuidados com o corpo, orçamento familiar e direitos, dentre outros. Para atenuar deficiências na formação escolar dos alunos, o projeto oferece, ainda, aulas de português e matemática.

O público do ViraVida é formado por meninas e meninos de famílias numerosas e de baixa renda, que residem nas periferias de Fortaleza e têm sua história de vida marcada por experiências dolorosas e pela falta de oportunidade. Para atingir esse público, o programa recebe o apoio de associações, ONGs e instituições conhecidas pelo atendimento a jovens com o perfil do programa.

Os adolescentes e jovens são acompanhados por uma equipe multidisciplinar, com pedagogo, psicólogo e assistente social e o acompanhamento inclui as famílias dos beneficiados. Para harmonizar as relações no ambiente escolar, professores e alunos do programa constroem um acordo de convivência, cujas regras visam fortalecer a interação e a integração socioeducativa.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
SESI - ​​Serviço Social da Indústria | CNPJ: 03.804.327/0001-04
Av. Barão de Studart, 1980 - 1º andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
POLÍTICA DE PRIVACIDADE & COPYRIGHT