Opção pelo Registro Eletrônico dos Empregados Apenas os empregadores que optarem pelo registro eletrônico de empregados estarão aptos à substituição do livro de registro de empregados. A opção pelo registro eletrônico é feita por meio do campo {indOptRegEletron} do evento S-1000 - Informações do Empregador/Contribuinte/Órgão Público. Os empregadores que ainda não optaram pelo registro eletrônico poderão fazê-lo enviando novo evento S-1000. Os que não optarem pelo registro eletrônico continuarão a fazer o registro em meio físico. Nesse caso, terão o prazo de um ano para adequarem os seus documentos (livros ou fichas) ao conteúdo previsto na Portaria. Os dados de registro devem ser informados ao eSocial até a véspera do dia de início da prestação de serviços pelo trabalhador. Por exemplo, empregado que começará a trabalhar no dia 5 deverá ter a informação de registro prestada no sistema até o dia 4.

Informações para a Carteira de Trabalho Digital

Além do registro de empregados, os dados do eSocial também alimentarão a Carteira de Trabalho Digital. A CLT prevê o prazo de 5 (cinco) dias úteis para a anotação da admissão na CTPS. Contudo, se o empregador prestar as informações para o registro de empregados, no prazo correspondente, não precisará informar novamente para fins da anotação da carteira, pois terá cumprido duas obrigações com uma única prestação de informações.">
Alexandre de Lima Santos – Blog SESI de Saúde e Segurança

Sobre o Autor

Alexandre de Lima Santos

Alexandre de Lima Santos

Médico pela Universidade Federal do Ceará - UFC, pós-graduado em Medicina do Trabalho pela Universidade Estácio de Sá/RJ, mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará - UFC, faz parte da Comissão Técnico-Científica da Associação Nacional de Medicina do Trabalho - ANAMT. Atualmente é Médico do Trabalho na Unidade de Segurança e Saúde para a Indústria - SESI Ceará.
eSocial

eSocial passa a substituir livro de registro de empregados

Mais uma obrigação foi substituída pelo eSocial a partir da publicação da Portaria...
Continue lendo
Prevenção de Acidentes e Doenças

Norma ISO 45001 – Sistema de Gestão de Segurança e Saúde do Trabalho

A Norma ISO 45001:2018 – Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional...
Continue lendo
Prevenção de Acidentes e Doenças

Publicada portaria SEPRT nº 1.079/2019 acerca do FAP com vigência para 2020

Foi publicada no dia 26 de Setembro/2019, a portaria SEPRT nº 1.079 que dispõe sobre o...
Continue lendo
NRs

Aprovada a nova NR-24 – Condições de higiene e conforto nos locais de trabalho

Aprovada a Portaria nº 1.066 de 23 de setembro de 2019, que trata da nova redação da...
Continue lendo
NRs

Audiências públicas sobre as NR-7, 9 e 17 ocorrem na Fundacentro

A Secretaria do Trabalho, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) e a Fundacentro...
Continue lendo
NRs

A modernização das Normas Regulamentadoras em SST

As Normas Regulamentadoras em SST estabelecem o conjunto de determinações sobre as...
Continue lendo
Cultura de Segurança

Gestão de SST: como um software pode ajudar a sua empresa

Atualmente, uma das áreas mais sensíveis das empresas e dos processos produtivos,...
Continue lendo
Cultura de Segurança

5 dicas para uma boa gestão de SST

A área de segurança e saúde do trabalho (SST) vem experimentando profundas...
Continue lendo
NRs

Mudança no prazo de realização do exame médico demissional

A Portaria nº 1.031/2018, do então Ministério do Trabalho e Emprego, publicada em 10...
Continue lendo
Outros Autores