o Banco Santander S.A foi condenado a pagar uma multa de R$ 500 mil por não ter emitido o formulário de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) referente a 54 acidentes de trabalho. A ausência do documento pode dificultar a concessão de benefício do INSS aos acidentados.

De acordo com o artigo 22 da Lei 8.213/1991, que trata dos Planos de Benefícios da Previdência Social, o empregador é obrigado a comunicar à Previdência Social até o primeiro dia útil seguinte ao acidente. Em casos fatais, deve ser realizada imediatamente.

A Copa do Catar teve a sua reputação manchada após o jornal inglês The Guardian denunciar que mais de 6.500 trabalhadores haviam morrido na construção dos estádios do evento e nas obras de infraestrutura de aeroportos e rodovias do país-sede. 

Por entender que isso afetaria a imagem do Catar e possíveis investimentos, o Governo tentou abafar o caso e afirmou que o número girava em torno de 400 ou 500 trabalhadores de acidentes fatais.

SESI é Top of Mind em segurança do trabalho

Quando o mindset da empresa torna as ações de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) um investimento em vez de despesas, os colaboradores ganham mais qualidade de trabalho e a empresa se torna mais competitiva, com ganho de produtividade e redução de gastos médicos e trabalhistas.

E sobre isso, o SESI é expert no assunto. Pelo quarto ano consecutivo, estamos entre os vencedores da categoria “Entidades Prestadores de Serviços” do Prêmio Top of Mind Proteção. 

Confie a Saúde e Segurança da sua empresa com quem entende do assunto. 

O SESI ajuda a sua empresa na adequação dos Programas Legais:

E também em Laudos e Avaliações: 

Clique aqui e fale diretamente com a nossa equipe!

">
Abertas as matrículas para as Escolas SESI SENAI – Blog SESI de Saúde e Segurança
descer
SESI
Abertas as matrículas para as Escolas SESI SENAI

Começam hoje, dia 1º de setembro, as matrículas para a Escola SESI SENAI.

A Rede SESI SENAI de Educação no Ceará teve seu início com a escola do SESI Parangaba e se expandiu logo depois para as cidades de Sobral e Juazeiro do Norte, mantendo sempre um padrão semelhante de qualidade nas três unidades. Dessa forma, todas as instituições contam com o mesmo projeto pedagógico e os espaços modernos de aprendizagem que fazem da Rede SESI SENAI referência em educação no Ceará e no Brasil.

Nesses cinco anos, as escolas da Rede se firmaram como um espaço em constante expansão que prima pela inserção dos estudantes no ensino superior e no mercado de trabalho, além de contribuir para a constituição da sua cidadania. Tudo isso por meio de iniciativas que desenvolvem a capacidade cognitiva dos alunos, bem como suas potencialidades particulares nas diversas áreas do conhecimento. Dessa maneira, “o aluno se torna o real autor da sua caminhada”, garante Ana Paula Henrique Pinho, Gerente de Educação do SESI.

Ainda de acordo com Ana Paula, “o diferencial da Escola SESI SENAI está na sua proposta pedagógica inovadora e tecnológica, que ao longo dos anos vem gerando bons resultados por parte dos nossos estudantes, tanto no mercado de trabalho como na inserção na universidade. Além disso, há uma infraestrutura ampla e moderna para todos os níveis de ensino”.

Assim, do primeiro ano do Fundamental 1 ao terceiro ano do Ensino Médio, as escolas contam com uma grade disciplinar que privilegia a união entre teoria e prática para o melhor desenvolvimento do processo de aprendizagem. Para tanto, o projeto pedagógico da escola é efetivado de acordo com os fundamentos da Cultura Maker, uma metodologia de aprendizagem que aproxima o pensar do fazer e que está inserida na realidade de conceituadas instituições de ensino em todo o mundo. Fora isso, espaços e iniciativas como o Laboratório de Robótica, o Espaço Maker, a Academia Sesiana de Letras, a Feira das Profissões e etc são ações fundamentais da escola que reforçam essa cultura e visam, entre outras coisas, a formação interdisciplinar dos estudantes.

Outro diferencial da instituição é a oferta do Novo Ensino Médio, o qual foi implantado em 2018 e segue as novas medidas estabelecidas pelo Ministério da Educação que promovem mudanças na grade curricular das três últimas séries do ensino básico. Nesse novo modelo, os três últimos anos da educação básica são voltados à formação do estudante para que ele possa adentrar em uma instituição do ensino superior e/ou ingressar no mercado de trabalho. Para tanto, o Novo Ensino Médio é constituído por um projeto que prevê um currículo integrado. Quer dizer, além da grade curricular tradicional, o estudante é direcionado a uma formação organizada por competências e habilidades em quatro áreas do conhecimento (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas) e outra parte dirigida à capacitação profissional por meio de cursos técnicos (os quais variam de acordo com cada unidade da escola).

Além de uma grade curricular constituída por uma metodologia que reúne teoria e prática por meio de iniciativas tecnológicas e inovadoras, outro aspecto inovador da escola (em todas as suas unidades no Ceará) é o fornecimento de material didático sem custo para o estudante com o padrão de qualidade da SOMOS EDUCAÇÃO. O fardamento também é gratuito e não é cobrada taxa de matrícula.

Por tudo isso, a Escola SESI SENAI é a melhor opção para quem deseja um ensino de referência que prepare de fato crianças e jovens para um mundo que exige profissionais cada vez mais humanizados e qualificados.

Clique aqui e saiba mais sobre a Escola SESI SENAI e conheça os editais de matrícula.

Comentar